Visitar espaços verdes urbanos está demonstrado reforçar o sistema imunitário e a saúde mental, assim como reduzir os riscos de doenças cardiovasculares e respiratórias

Added April 14, 2020

Citation: World Health Organization. Urban green spaces and health: a review of evidence. 2016.

O que é isto? A pandemia do COVID-19 levou ao encerramento de algumas instalações para actividades de lazer, bares, restaurantes, cafés e, perante a necessidade de auto-isolamento e de distanciamento social, os parques e os espaços verdes transformaram-se num importante recurso para obter potenciais benefícios de saúde e de bem-estar.

Esta revisão de 2016 foi solicitada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para avaliar a existência de evidências sobre os efeitos na saúde de espaços verdes em áreas urbanas.  Isto inclui evidências de avaliações anteriores da OMS, avaliações feitas por outros pesquisadores e estudos de pesquisa que foram recentemente publicados.  Esta avaliação inclui todas as definições de espaço urbano verde (por exemplo, superfícies naturais, configurações naturais, vegetação urbana, espaço azul (elementos da água), parques, jardins particulares, bosques).

O que funciona: visitar o ambiente natural e entrar em contacto com certos factores físicos e / ou químicos no espaço verde pode beneficiar o sistema imunitário.

Ter contacto com a natureza pode ser restaurador e ter benefícios mentais, alterando aqueles que apresentam altos níveis de ansiedade para um estado mental mais positivo, aumentando o relaxamento e aliviando sintomas de depressão.

A utilização do espaço verde está associada a riscos reduzidos de doenças cardiovasculares e respiratórias.

O que não funciona: As pessoas com alergias e asma devem equilibrar os benefícios da utilização de espaços verdes com o risco da poluição e dos alergénios.

O que é incerto: Na altura em que foi feita a revisão, não havia provas disponíveis sobre o uso do espaço verde urbano e o distanciamento social. No meio desta incerteza, as pessoas devem seguir as orientações governamentais pertinentes.

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share