Vacinação: custo-benefício de estratégias para aumentar a cobertura

Added June 30, 2020

Citation: Jacob V, Chattopadhyay SK, Hopkins DP, et al. Increasing Coverage of Appropriate Vaccinations: A Community Guide Systematic Economic Review. American Journal of Preventive Medicine. 2016;50(6):797‐808.

Free to view: No

De que se trata? A pandemia da COVID-19 pressionou os serviços e recursos de saúde. As evidências existentes sobre o custo-benefício na prestação de serviços de saúde, como programas de vacinação, podem fornecer informações úteis para os formuladores de políticas.

Nesta revisão sistemática, os autores buscaram avaliações económicas de 12 estratégias para aumentar a cobertura de vacinação, conforme recomendado pela Community Preventive Task Force (Força Tarefa Preventiva na Comunidade em tradução livre), EUA, em três grandes categorias (aquelas que melhoram o acesso às vacinas, aquelas que aumentam a demanda por vacinação e aquelas que visam o provedor). Eles restringiram a sua pesquisa a estudos de países de rendimentos elevados que foram publicados em inglês, e fizeram a pesquisa em fevereiro de 2012. Foram incluídos 84 estudos.

O que foi apurado: Estratégias como sistemas de lembrete direccionados a clientes e provedores mostraram menor custo de implementação e menor custo por pessoa adicional vacinada.

Estratégias baseadas em visitas domiciliárias e estratégias combinadas em contextos comunitários mostraram custos mais altos de implementação e custos mais altos para vacinar uma pessoa adicional.

Estratégias projetadas para alcançar grandes segmentos de uma população-alvo, como programas baseados em escolas e mulheres, bebés e crianças (WIC, em inglês), mostraram um custo relativamente mais alto para implementar, mas foram capazes de vacinar um grande número de pessoas a um custo na faixa intermédia da relação custo-benefício. Os contextos de escolas e programa WIC também podem ajudar a alcançar crianças que, de outra forma, não seriam vacinadas, estariam sub-imunizadas ou mal atendidas.

As relações custo-benefício das estratégias para as áreas rurais e para os países de baixos e médios rendimentos são incertas.

A relação custo-benefício da exigência de vacinação para frequentar a escola é incerta.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share