Terapia antibiótica de curta duração contra duração prolongada em adultos em estado crítico com pneumonia adquirida no hospital

Added April 3, 2020

Citation: Pugh R, Grant C, Cooke RPD, et al. Short-course versus prolonged-course antibiotic therapy for hospital-acquired pneumonia in critically ill adults. Cochrane Database of Systematic Reviews 2015; (8): CD007577

De que se trata? Alguns pacientes com COVID-19 vão ficar em estado crítico e vão necessitar de receber tratamento numa unidade de cuidados intensivos (UCI). A pneumonia é a mais comum das infeções adquiridas em hospitais, afetando particularmente pacientes na UCI. Para a tratar, são utilizados ciclos de tratamento com antibióticos de diferentes durações.

Nesta revisão sistemática Cochrane, os autores procuraram ensaios aleatorizados que comparam uma terapia antibiótica de “curta” duração contra duração “prolongada” em adultos em estado crítico com pneumonia adquirida no hospital, incluindo pacientes que se encontram em ventilação mecânica, suscetíveis ao desenvolvimento de pneumonia associada à ventilação (PAV). Não restringiram por data nem idioma de publicação, e fizeram as suas pesquisas em junho de 2015. Identificaram 6 estudos elegíveis (1088 participantes), mas com uma variação substancial no modo como a pneumonia dos pacientes incluídos foi diagnosticada ou definida.

O que funciona: Em pacientes com PAV, os ciclos de tratamento com antibióticos que duram 7 ou 8 dias aumentam o número de dias sem antibiótico nas 4 semanas após o tratamento e reduzem a recorrência de pneumonia em comparação com os ciclos de tratamento que duram entre 10 a 15 dias, sem aumentar a mortalidade nem outros efeitos da recorrência.

O que não funciona: O que não funciona: Em pacientes com PAV causada especificamente por BACILOS Gram Negativo não-fermentadores (BGN-NF), a recorrência foi maior após ciclos de tratamento de 8 dias, em comparação com ciclos de tratamento que duram entre 10 a 15 dias, mas os efeitos na mortalidade não foram significativamente diferentes.

O que é incerto: Nada a observar.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share