Teleodontologia: os efeitos não são claros

Added April 27, 2020

Citation: Estai M, Kanagasingam Y, Tennant M, et al. A systematic review of the research evidence for the benefits of teledentistry. Journal of Telemedicine and Telecare 2018; 24(3): 147-56

Free to view: No

De que se trata? A pandemia do COVID-19 tem provocado a suspensão de muitos tipos de serviços de saúde e serviços sociais de rotina, incluindo o atendimento odontológico em alguns países. Pesquisas existentes em teleodontologia, uma combinação entre tecnologia digital e de telecomunicações com a odontologia, pode prover informações que podem auxiliar nesse momento.

Nesta revisão sistemática, os autores buscaram estudos para a comparação da efetividade da teleodontologia, tanto clinica quanto econômica, versus a abordagem tradicional clínica. Restringiram a sua busca a artigos publicados em língua inglesa, e fizeram a sua busca em novembro de 2016. Incluíram 4 amostras randômicas, 5 amostras não randômicas, e 2 pesquisas não controladas.

O que funciona: Nada a observar.

O que não funciona: Nada a observar.

O que não se sabe: A efetividade, efetividade de custo, e as aplicações de longo prazo da teleodontologia não são claras.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share