Supervisão de gestão para melhorar cuidados de saúde primários nos países de baixo e médio rendimento: os efeitos são incertos

Added April 22, 2020

Citation: Bosch-Capblanch X, Liaqat S, Garner P. Managerial supervision to improve primary health care in low- and middle-income countries. Cochrane Database of Systematic Reviews 2011; (9): CD006413

De que se trata? A pandemia da COVID-19 está a exercer uma forte pressão sobre os sistemas e os profissionais de saúde. Nos países de baixo e médio rendimento (PBMR), enquanto os profissionais dos cuidados de saúde primários (CSP) trabalham frequentemente sozinhos sem apoio de gestão, é importante saber se a supervisão da gestão dos cuidados de saúde pode ajudar a melhorar a qualidade dos serviços.

Nesta revisão sistemática de Cochrane, os autores procuraram ensaios aleatórios, séries temporais interrompidas e estudos controlados antes e depois (ECAD) nos contextos de CSP nos PBMR sobre o impacto das visitas de supervisão e das actividades por parte dos níveis superiores do sistema de saúde. Realizaram sua pesquisa em março de 2011, sem restringi-la por data, por tipo e por linguagem de publicação. Identificaram 5 ensaios aleatórios por conglomerados e 4 ECAD que foram levados a cabo em África, na Ásia e na América Latina. Cinco estudos centraram-se nos CSP das áreas rurais e quatro nos CSO nas áreas rurais e urbanas (um dos quais não especificou o contexto de CSP).

O que funciona: Nada a observar.

O que não funciona: Nada a observar.

O que é incerto: Não somente não é claro que a supervisão de gestão produz benefícios substantivos sobre a qualidade dos cuidados de saúde primários nos países de baixo e médio rendimento, mas a eficácia a longo prazo também não foi estudada. Se a supervisão for implementada, isso deve ser feito em conjunto com a avaliação dos seus efeitos nos resultados e nos custos da saúde.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share