Serviços farmacêuticos comunitários em pacientes não-hospitalizados

Added May 31, 2020

Citation: de Barra M, Scott CL, Scott NW, et al. Pharmacist services for non‐hospitalised patients. Cochrane Database of Systematic Reviews 2018; (9): CD013102

De que se trata? A pandemia da COVID-19 está a colocar uma enorme pressão sobre os serviços de prestação de cuidados de saúde. As evidências existentes sobre os efeitos das farmácias comunitárias nos cuidados prestados aos pacientes podem fornecer informações úteis aos responsáveis políticos.

Nesta revisão sistemática da Cochrane, os autores pesquisaram ensaios aleatorizados que comparam os serviços não-relacionados com a dispensa de medicamentos oferecidos por farmacêuticos em contextos de ambulatório com os cuidados habituais ou semelhantes prestados por outros profissionais de saúde. Não restringiram a pesquisa por data nem idioma de publicação, e realizaram a principal pesquisa em março de 2015, bem como uma pesquisa atualizada em janeiro de 2018. Incluíram 116 ensaios (com o total de 41.851 participantes) da pesquisa realizada em 2015, com uma grande variedade no que toca às populações estudadas, aos tipos de intervenções realizadas e aos resultados reportados. Os autores identificaram mais 95 estudos em 2018, os quais estão a aguardar classificação.

O que foi constatado: Em comparação com os serviços de prestação de cuidados de saúde habituais, os serviços farmacêuticos comunitários podem melhorar a gestão da hipertensão e o funcionamento físico; mas os efeitos no controlo do nível de açúcar no sangue de pacientes diabéticos ainda não são claros.

É provável que os serviços farmacêuticos comunitários façam pouca ou nenhuma diferença no que toca à admissão hospitalar/ida ao hospital.

Os efeitos das intervenções realizadas pelo serviços farmacêuticos comunitários (em comparação com os serviços de prestação de cuidados de saúde habituais) nos efeitos adversos dos medicamentos e na mortalidade são inconclusivos.

Os efeitos das intervenções realizadas pelo serviços farmacêuticos comunitários (em comparação com os serviços prestados por profissionais de saúde) são inconclusivos.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share