Revisão de escopo de pesquisas sobre COVID-19 (Busca feita em: 24 de fevereiro de 2020)

Added June 10, 2020

Citation: Borges do Nascimento IJ, Cacic N, Abdulazeem HM, et al. Novel Coronavirus Infection (COVID-19) in Humans: A Scoping Review and Meta-Analysis. Journal of Clinical Medicine 2020; 9: 941

Do que se trata? A pandemia de COVID-19 provocada por um novo coronavírus isolado em janeiro de 2020 e chamado de SARS-CoV-2. Compreender melhor essa infeção contribuirá com a prática clínica e o planeamento de serviços.

Nessa rápida revisão de escopo, os autores buscaram estudos observacionais em humanos que relacionam as características clínicas, epidemiológicas, de testagem e de imagens do SARS-CoV-2. Não houve restrição pelo tipo ou idioma da publicação, e foram pesquisados estudos publicados entre 1 de janeiro de 2019 e 24 de fevereiro de 2020. Foram encontrados 60 estudos observacionais (59.254 pacientes) e foi feita uma meta-análise dos dados clínicos e laboratoriais.

O que foi encontrado: À data da revisão, os estudos incluídos mostraram que as comorbidades mais comuns em pacientes com COVID-19 foram hipertensão, diabetes, doenças hepáticas crónicas e tabagismo.

À data da revisão, os estudos incluídos mostram que os sintomas da infeção por COVID-19 eram inespecíficos, com febre (82%) e tosse (61%) sendo os mais comuns.

À data dessa revisão, os estudos incluídos mostraram que a maioria dos casos de COVID-19 eram de intensidade moderada (81%).

À data dessa revisão, os estudos incluídos mostraram que as evidências laboratoriais para COVID-19 abrangeram marcadores não específicos de infeção, com vários casos apresentando resultados normais para tais marcadores; e achados radiológicos para COVID-19 foram similares aos de outras pneumonias virais, o que inclui opacidades e consolidação.

À data dessa revisão, os estudos incluídos mostraram que a taxa de mortalidade para todas as causas de morte era de 0,3%, com a mortalidade sendo maior em pacientes masculinos e idosos.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share