Respiradores N95 e máscaras cirúrgicas na prevenção da transmissão de infeções respiratórias a profissionais de saúde

Added April 14, 2020

De que se trata?  As máscaras são utilizadas para tentar prevenir a transmissão de vírus respiratórios, e várias revisões sistemáticas avaliaram os efeitos do seu uso por parte de profissionais de saúde. Mais detalhes, incluindo citações e links para as revisões completas usadas neste resumo estão disponíveis ao rolar para baixo este resumo. 

O que funciona: Máscaras médicas e respiradores N95 reduzem o risco de infecção respiratória quando usados por profissionais de saúde.

Os respiradores N95 oferecem maior proteção do que as máscaras médicas contra alguns tipos de infecções respiratórias quando usados por profissionais de saúde, mas o uso universal de respiradores N95 durante um turno de trabalho provavelmente será menos aceitável devido a um maior desconforto.

MacIntyre et al. relataram que respiradores só eram eficazes se usados por profissionais de saúde durante um turno de trabalho.

Verbeek et al. relataram que adicionar separadores para agarrar máscaras pode reduzir o risco de contaminação.

O que não funciona: Máscaras descartáveis de algodão ou papel não são recomendadas para proteger profissionais de saúde contra infecções respiratórias.

MacIntyre et al. relataram que o uso direcionado de respiradores por profissionais de saúde para procedimentos de alto risco geradores de aerossóis não foi efetivo.

O que é incerto: Mukerji et al. relataram não haver evidências económicas suficientes relacionadas com a utilização de máscaras ou respiradores para redução da transmissão de vírus respiratórios. Ao considerar o custo destes dispositivos, os custos devem incluir os do próprio dispositivo e os testes de ajuste e formação associados.

Quais são as revisões:

Citation: MacIntyre CR, Chughtai AA. A rapid systematic review of the efficacy of face masks and respirators against coronaviruses and other respiratory transmissible viruses for the community, healthcare workers and sick patients. International Journal of Nursing Studies. 2020 Apr 30:108:103629.

Nesta rápida revisão, os autores procuraram ensaios clínicos aleatórios sobre o uso de proteção respiratória por profissionais de saúde, pacientes doentes e membros da comunidade. Limitaram as suas pesquisas a artigos publicados em inglês e fizeram a pesquisa mais recente em 17 de abril de 2020. Incluíram 19 estudos aleatórios, seis dos quais relacionados com profissionais de saúde.

Citation: Offeddu V, Yung CF, Low MSF, et al. Effectiveness of masks and respirators against respiratory infections in healthcare workers: a systematic review and meta-analysis. Clinical Infectious Diseases 2017;65(11):1934-42

Nesta revisão sistemática, os autores procuraram estudos sobre os efeitos de equipamentos de proteção pessoal respiratória entre profissionais de saúde em novembro de 2015. Identificaram 6 estudos clínicos aleatórios (e incluíram dados de cinco destes) e 23 estudos observacionais.

Citation: Long Y, Hu T, Liu L, et al. Effectiveness of N95 respirators versus surgical masks against influenza: A systematic review and meta-analysis. Journal of Evidence Based Medicine 2020;13(2):93-101

Nesta revisão sistemática, os autores procuraram estudos comparando respiradores N95 versus máscaras cirúrgicas entre pacientes e profissionais de saúde. Fizeram a pesquisa em janeiro de 2020 e incluíram 6 estudos clínicos aleatórios.

Citation: Mukerji S, MacIntyre CR, Newall AT. Review of economic evaluations of mask and respirator use for protection against respiratory infection transmission. BMC Infectious Diseases 2015; 15: 413l AT. 

Nesta revisão sistemática, os autores procuraram avaliações económicas do uso de máscaras ou respiradores em agosto de 2014. Incluíram 7 estudos.

Citation: Smith JD, MacDougall CC, Johnstone J, et al. Effectiveness of N95 respirators versus surgical masks in protecting health care workers from acute respiratory infection: a systematic review and meta-analysis. Canadian Medical Association Journal 2016;188(8):567–574.

Nesta revisão sistemática, os autores procuraram estudos comparando respiradores N95 versus máscaras cirúrgicas em profissionais de saúde e outros. Limiteram as suas pesquisas a artigos publicados em inglês até 2014. Incluíram 3 estudos clínicos aleatórios, 3 estudos observacionais e 23 estudos de exposição simulada.

Citation: Verbeek JH, Rajamaki B, Ijaz S, et al. Personal protective equipment for preventing highly infectious diseases due to exposure to contaminated body fluids in healthcare staff. Cochrane Database of Systematic Reviews 2020;(4):CD011621

Nesta revisão da Cochrane, os autores procuraram estudos de vários tipos de equipamentos de proteção pessoal, incluindo máscaras. Fizeram a pesquisa em março de 2020. Identificaram um ensaio aleatório de encaixe de separadores em máscaras para ajudar na sua remoção (20 participantes).

Outros resumos relacionados:

A Evidence Aid também preparou resumos combinados sobre os seguintes tópicos:

  • Utilização da Máscara Facial na Comunidade
  • Utilização da Máscara Facial por Indivíduos Sintomáticos na Comunidade

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

 

Share