Regulamentação do escopo da prática de enfermeiros em cuidados primários

Added July 6, 2020

Citation: Xue Y, Ye Z, Brewer C, et al. Impact of state nurse practitioner scope-of-practice regulation on health care delivery: Systematic review. Nursing outlook. 2016 Jan 1;64(1):71-85.

Free to view: No

De que se trata? A pandemia de Covid-19 está a colocar pressão nos profissionais de saúde. Pesquisas existentes sobre a expansão do papel dos profissionais de enfermagem podem fornecer informações úteis para os responsáveis políticos.

Nesta revisão sistemática, os autores buscaram estudos avaliando o impacto dos regulamentos do escopo da prática na prestação de cuidados primários de saúde por enfermeiros. Eles restringiram suas pesquisas a artigos publicados em inglês e fizeram a pesquisa em janeiro de 2015. Eles incluíram 9 análises de séries temporais e 6 estudos transversais.

O que foi encontrado: Restrições menos restritivas ao escopo da prática dos enfermeiros podem melhorar a capacidade da atenção primária.

Uma grande oferta de enfermeiros não aumenta o uso de serviços de saúde, a menos que esteja combinado com a regulamentação do escopo da prática que permita que os enfermeiros operem independentemente.

É incerta a relação entre os regulamentos do escopo da prática de enfermeiros e os custos com saúde.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share