Redução da taxa de readmissões evitáveis em hospitais de cuidados intensivos

Added June 4, 2020

Citation: Mileski M, Topinka JB, Lee K, et al. An investigation of quality improvement initiatives in decreasing the rate of avoidable 30-day, skilled nursing facility-to-hospital readmissions: a systematic review. Clinical Interventions in Aging 2017; 12: 213.

De que se trata? A pandemia da Covid-19 está a colocar pressão sobre os serviços de saúde. Diminuir a taxa de readmisões evitáveis vindas de instalações de enfermagem especializadas para os hospitais de cuidados intensivos pode reduzir essa pressão e melhorar os resultados para os doentes.

Nesta revisão sistemática, os autores procuraram pesquisas experimentais que avaliam a eficácia de iniciativas de melhoria na qualidade (QI em inglês) na redução de readmissões evitáveis de doentes em hospitais com até 30 dias alta original feita pelas instalações de enfermagem especializadas (SNF em inglês). Restringiram a sua pesquisa a artigos publicados em inglês entre 2009 e 2016. As pesquisas referente a altas feitas pelas SNF ou do hospital para casa foram excluídas. Incluíram 8 estudos retrospetivos e 2 estudos prospetivos quasi-experimentais.

Resultados encontrados:Foram identificados dezasseis factores facilitadores que reduziram as taxas de readmissão. O fator facilitador mais citado foi o uso de pessoal especializado.

Foram identificados treze temas que são barreiras de redução das readmissões. O mais comummente discutido foram os problemas associados com a determinação e implementação das melhorias de qualidade. Muitas dessas barreiras podem ser ultrapassadas por fatores facilitadores que foram identificados.

O que não se sabe: A pesquisa baseou-se principalmente em estudos retrospetivos mais pequenos e não se verificou uma implementação consistente das Iniciativas de melhoria na qualidade.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share