Receitas médicas eletrónicas em regime de ambulatório

Added June 7, 2020

Citation: Porterfield A, Engelbert K, Coustasse A. Electronic prescribing: improving the efficiency and accuracy of prescribing in the ambulatory care setting. Perspectives in Health Information Management 2014; 11: 1g

De que se trata? A pandemia da COVID-19 está a colocar pressão nos sistemas de saúde. As investigações existentes sobre estratégias, tais como as receitas médicas eletrónicas em regime ambulatório, podem facultar informação aos decisores políticos.

Nesta revisão sistemática os autores procuraram investigações que explorassem os benefícios e as barreiras das receitas médicas eletrónicas em regime ambulatório. Restringiram as suas pesquisas a estudos realizados nos EUA e publicados em língua inglesa, entre os anos de 2005 e 2013. Foram incluídos 47 artigos de diversos tipos de estudos e conceções.

Resultados: O uso de receitas médicas eletrónicas em regime ambulatório reduziu erros de prescrição, aumentou a eficiência do processo de prescrição e venda de medicamentos, melhorou os resultados de saúde, diminuiu o número de visitas de doentes e reduziu custos.

A quebra de despesas estava relacionada com melhorias na observância dos doentes e na diminuição de reações adversas a medicamentos, e com reduções na prescrição de medicamentos de elevado custo (através do uso de medicamentos genéricos ou de baixo custo).

 Os obstáculos à prescrição eletrónica incluem custos de instalação e manutenção, falta de apoio por parte dos fornecedores, a privacidade dos doentes, erros no sistema e questões de natureza jurídica. O maior obstáculo identificado foi o custo de implementação.

Aviso LegalEste resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

 

Share