Quarentena: fatores associados à adesão

Added April 19, 2020

Citation: Webster RK, Brooks SK, Smith LE, et al. How to improve adherence with quarantine: Rapid review of the evidence. medRxiv 2020; March 20 (pre-print)

De que se trata? Durante a pandemia do COVID-19 algumas pessoas têm de estar de quarentena para reduzir o risco de transmissão do vírus.

Isto é uma revisão breve, que foi disponibilizada como rascunho antes de ser revista por pares ou publicada num jornal. Os autores investigaram pesquisas efetuadas aos fatores que afetam a adesão das pessoas à quarentena. A pesquisa foi restringida a artigos publicados em Inglês, Italiano e Francês, e a investigação mais recente foi em 30 de Janeiro de 2020. Foram identificados 14 estudos e nove fatores associados à adesão à quarentena.

O que foi identificado: Os fatores principais que influenciaram ou estavam associados à adesão à quarentena eram o conhecimento que as pessoas tinham sobre a doença e os procedimentos de quarentena, as normas sociais, a percepção dos benefícios da quarentena e do risco da doença, assim como questões práticas tais como o esgotamento de abastecimentos ou as consequências financeiras associadas ao desemprego.

O que não se sabe: Os efeitos dos fatores demográficos e de emprego, assim como a duração da quarentena, são incertos.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share