Provas de baixa confiança sugerem que a tecnologia inteligente pode ter um efeito limitado no apoio da auto-administração na DPOC

Added August 6, 2020

Citation: McCabe C, McCann M, Brady AM. Computer and mobile technology interventions for self‐management in chronic obstructive pulmonary disease. Cochrane Database of Systematic Reviews. 2017(5):CD011425

De que se trata? Pacientes com problemas respiratórios, como a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), podem apresentar um alto risco de complicações da infecção pela COVID-19. Pesquisas existentes sobre as tecnologias informáticas e móveis para o aperfeiçoamento da auto-gerenciamento podem fornecer informações úteis para os pacientes, profissionais e intervenientes do processo político.

Nesta revisão Cochrane, os autores pesquisaaram por tratamentos clínicos aleatorizados sobre o efeito das tecnologias informáticas e móveis na mudança comportamental, para o auto-gerenciamento da doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). Não houve restrição nas buscas por data ou por idioma da publicação e estas foram feitas em novembro de 2016. Foram inclusos três estudos (total: 557 participantes) da Holanda (2) e dos Estados Unidos/Porto Rico (1). Também foi identificado 1 estudo adicional em andamento, que aguarda avaliação. Os estudos inclusos tinham um alto risco de conter ideias preconcebidas e evidências de baixa qualidade.

O que funciona: A revisão não forneceu nenhuma evidência caso as pessoas que receberam tecnologia inteligente tiveram um número menor de internações ou exacerbações agudas. As pessoas que receberam a tecnologia inteligente apresentaram uma melhoria ligeiramente considerável na qualidade de vida e maior atividade física, em comparação com as pessoas que receberam apoio pessoalmente/ digital e/ ou por escrito, durante um período de quatro semanas a seis meses. No entanto, essa prova foi de baixa confiança e os autores alertam sobre a recomendação do uso de tecnologia inteligente.

O que não funciona: Nada registrado.

O que é incerto: O uso de tecnologia inteligente para ajudar a apoiar a auto-administração em pacientes com DPOC permanece incerto.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share