Protocolos para ajudar na triagem para ventilação mecânica de pacientes pediátricos durante uma pandemia

Added April 14, 2020

Citation: Kim KM, Cinti S, Gay S, et al. Triage of mechanical ventilation for pediatric patients during a pandemic. Disaster Medicine and Public Health Preparedness 2012 6(2): 131-7

De que se trata? Alguns pacientes com COVID-19 vão ficar em estado crítico e precisar de suporte respiratório. Este pode ser fornecido através de ventilação mecânica (VM) numa unidade de cuidados intensivos (UCI), mas estes recursos podem tornar-se limitados durante uma pandemia. Podem ser necessários métodos para fazer triagem de pacientes, de modo a alocar o acesso a estes recursos, e esta revisão avaliou isso para pacientes pediátricos.

Nesta revisão sistemática, os autores procuraram estudos que avaliam o prognóstico dos cuidados intensivos e que avaliam sistemas de pontuação para falência de múltiplos órgãos e sistemas, destinados a crianças com idade inferior a 18 anos. Restringiram as suas pesquisas a artigos publicados em língua inglesa, e fizeram-nas até fevereiro de 2010. Identificaram 22 relatórios de cinco sistemas de pontuação derivados de forma independente, destinados ao uso num protocolo para a triagem de VM numa pandemia.

O que funciona: A evidência da revisão é que, dos sistemas de pontuação possíveis e aplicáveis à população pediátrica nos cuidados intensivos em geral, o único índice que preenche todos os critérios exigidos para ser usado como ferramenta de triagem para o ventilador em crianças durante uma pandemia respiratória é o índice da Logística de Disfunção Orgânica Pediátrica (PELOD).

O que não funciona: Nada registado.

O que não é claro: Nada registado.

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share