Prescrição social de cuidados primários no Reino Unido: os custos e os benefícios para a saúde ainda não são conhecidos

Added May 2, 2020

Citation: Bickerdike L, Booth A, Wilson PM, et al. Social prescribing: less rhetoric and more reality. A systematic review of the evidence. BMJ Open 2017; 7: e013384

De que se trata? A pandemia do COVID-19 está a colocar muita pressão sobre os sistemas de saúde e os profissionais de saúde. Pesquisas existentes sobre prescrição social, que ligam pacientes nos cuidados primários a fontes de apoio na comunidade podem fornecer informações para facilitar isso.

Nesta análise sistemática, os autores procuraram pesquisas que avaliassem qualquer forma de programas de prescrição social realizadas no Reino Unido. A pesquisa foi restringida a publicações em inglês entre 2000 e janeiro de 2016 e as pesquisas foram realizadas em fevereiro de 2016. Incluíram 1 estudo aleatorizado, 1 não aleatorizado, dois estudos qualitativos, 4 estudos antes e depois não controlados e 8 relatórios descritivos.

Conclusões: Os relatórios da experiência dos pacientes foram, de um modo geral, positivos sobre a prescrição social no Reino Unido, mas os efeitos não são quantificáveis.

Embora possa haver uma redução nos cuidados primários e nos contatos com os cuidados secundários, a sua extensão e os custos e os efeitos para a saúde da prescrição social são incertos.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share