Medidas não farmacêuticas para a gripe pandémica em contextos não relacionados com os cuidados de saúde: os efeitos são incertos

Added June 7, 2020

Citation: Xiao J, Shiu EY, Gao H, et al. Nonpharmaceutical Measures for Pandemic Influenza in Nonhealthcare Settings: Personal Protective and Environmental Measures. Emerging Infectious Diseases 2020; 26(5): 967-975

De que se trata? Medidas não farmacêuticas, tais como equipamentos pessoais de proteção, são usadas para limitar a transmissão de vírus respiratórios, como a COVID-19 e a influença, tanto em contextos não relacionados com os cuidados de saúde como em ambientes de cuidados de saúde.

Nesta revisão sistemática, os autores pesquisaram estudos sobre os efeitos de medidas não farmacêuticas para reduzir a transmissão da gripe em contextos comunitários. Não restringiram a sua pesquisa por data nem idioma de publicação, e fizeram-na em agosto de 2018. Incluíram estudos sobre a higiene das mãos (7 estudos aleatorizados), máscaras faciais (7 estudos aleatorizados), ou ambas (6 estudos aleatorizados) e limpeza de superfícies/objetos (2 estudos aleatorizados e 1 observacional).

Resultados: Os estudos incluídos nesta revisão não provaram ter um efeito importante nas medidas de higiene das mãos na transmissão da gripe confirmada laboratorialmente.

Os estudos incluídos nesta revisão não provaram que as máscaras faciais do tipo cirúrgico sejam eficazes na redução da transmissão da gripe confirmada laboratorialmente, quer quando usadas por pessoas infetadas, quer por pessoas na comunidade em geral.

Os estudos incluídos nesta revisão não provaram que a limpeza de superfícies ou objetos afete as taxas de gripe.

Não foram identificados estudos sobre protocolos nas intervenções respiratórias, pelo que é incerto se isto reduz o risco de transmissão da gripe.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share