Máscaras faciais para interromper a transmissão de vírus respiratórios de pessoas infectadas

Added July 6, 2020

Citation: Chu DK, Akl EA, Duda S, et al. Physical distancing, face masks, and eye protection to prevent person-to-person transmission of SARS-CoV-2 and COVID-19: a systematic review and meta-analysis. The Lancet. 2020 Jun 1.

Citation: bin-Reza F, Lopez Chavarrias V, Nicoll A, Chamberland ME. The use of masks and respirators to prevent transmission of influenza: a systematic review of the scientific evidence. Influenza Other Respi Viruses 2012;6(4):257–267.

Citation: Cowling BJ, Zhou Y, Ip DK, Leung GM, Aiello AE. Face masks to prevent transmission of influenza virus: a systematic review. Epidemiology and Infection 2010;138(4):449–456.

Citation: MacIntyre CR, Chughtai AA. A rapid systematic review of the efficacy of face masks and respirators against coronaviruses and other respiratory transmissible viruses for the community, healthcare workers and sick patients. International Journal of Nursing Studies. 2020 Aug:108;103629.

De que se trata? COVID-19 é uma infeção respiratória e as máscaras faciais são um tipo de barreira física para ajudar a reduzir a transmissão de vírus respiratórios de pessoas infetadas. Foram feitas várias revisões sistemáticas e estão disponíveis mais pormenores para estas, incluindo citações e links às revisões completas, através da alteração deste resumo.

O que se constatou: No momento da sua revisão, MacIntyre et al. relataram que o uso de máscara facial por indivíduos sintomáticos pode reduzir a transmissão e contribuir para os benefícios do uso da máscara facial na comunidade em geral.

Na época da sua revisão, Chu et al. relataram que o uso de máscaras faciais, especialmente máscaras N95 e respiradores, pode prevenir a infeção por coronavírus, e que a proteção dos olhos pode proporcionar benefícios adicionais.

Cowling et al. e bin-Reza et al. relataram que o uso de máscaras faciais por pacientes infetados pode reduzir a propagação de vírus respiratórios. A utilização de máscara com higienizador de mãos pode reduzir a transmissão secundária de infeções respiratórias dentro dos lares, particularmente se iniciada dentro de 36 horas após o contacto com um indivíduo afetado; mas os resultados globais destas duas revisões foram inconclusivos.

Quais são as revisões:

MacIntyre CR, Chughtai AA.

Nesta revisão rápida, os autores buscaram ensaios aleatórios sobre proteção respiratória de profissionais de saúde, pacientes doentes e membros da comunidade. Eles restringiram as suas pesquisas a artigos publicados em inglês, com a última pesquisa realizada em 17 de abril de 2020. Foram incluídos cinco ensaios aleatórios relacionados ao uso de máscara facial por pacientes doentes.

Chu DK, Akl EA, Duda S, et al.

Nesta revisão rápida, os autores buscaram estudos acerca dos efeitos do distanciamento físico, uso de máscaras faciais e proteção para os olhos entre pacientes com infeção confirmada ou provável pela COVID-19. Não houve restrição por idioma de publicação e a pesquisa foi realizada até 3 de maio de 2020. Foram incluídos 172 estudos observacionais, dos quais 44 são estudos comparativos da Ásia, Europa, América e Canadá.

bin-Reza F, Lopez Chavarrias V, Nicoll A, et al.

Nesta revisão sistemática, os autores procuraram estudos sobre o uso de máscaras e respiradores para impedir a transmissão da gripe e de outros vírus respiratórios. Eles pesquisaram artigos publicados em inglês até janeiro de 2011. Foram identificados 8 ensaios aleatórios e 9 estudos observacionais.

Cowling BJ, Zhou Y, Ip DK, et al.

Nesta revisão sistemática, os autores buscaram por estudos sobre os efeitos de máscaras faciais e respiradores na transmissão dos vírus da gripe. Eles restringiram a busca a artigos publicados em inglês até agosto de 2009. Foram incluídos 6 ensaios aleatórios, 4 estudos observacionais e 1 estudo experimental voluntário.

Outros resumos relacionados:

A Evidence Aid também preparou resumos combinados sobre os tópicos seguintes:

  • Uso de Máscara Facial na Comunidade
  • Proteção Respiratória para Profissionais de Saúde

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share