Intervenções físicas para prevenir a propagação de vírus respiratórios

Added March 24, 2020

Citation: Jefferson T, Del Mar CB, Dooley L, et al. Physical interventions to interrupt or reduce the spread of respiratory viruses. Cochrane Database of Systematic Reviews 2011 (7): CD006207.

O que é isto? A chegada de um novo vírus respiratório, como o COVID-19, é sucedida por um tempo de desenvolvimento de vacinas e tratamentos, e estes podem ter um efeito limitado na contenção ou interrupção da propagação do vírus. Portanto, intervenções físicas que possam interromper ou reduzir a sua propagação são particularmente importantes.

A revisão sistemática Cochrane, cujos autores pesquisaram estudos (ensaios aleatórios e estudos observacionais) em intervenções físicas que pudessem prevenir a transmissão do vírus respiratório. Não restringiram por idioma de publicação e fizeram as suas investigações em outubro de 2010. Identificaram 67 estudos elegíveis, disseminados por muitas intervenções diferentes.

O que funciona bem: A lavagem frequente das mãos reduz a propagação de vírus respiratórios.

A lavagem normal das mãos com sabão parece ser tão eficaz como os virucidas ou anti-sépticos.

A contenção da transmissão por isolamento em enfermarias hospitalares ou em casa pode ser implementada rapidamente e ser eficaz na redução da propagação de epidemias de vírus respiratórios.

A contenção da transmissão através do  uso de máscaras, luvas e batas pode ser implementada rapidamente e ser eficaz na redução da propagação de epidemias de vírus respiratórios.

O que não funciona bem: Nada anotado.

O que é incerto: Poucas evidências apoiam o benefício dos respiradores N95 sobre as máscaras cirúrgicas simples .

Existem provas insuficientes para apoiar o rastreio de rotina nos portos de entrada ou a distância social (separação espacial de pelo menos um metro entre os infetados e os não infetados) como métodos para reduzir a propagação do vírus durante as epidemias.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share