Intervenções com água, saneamento e higiene (ASH) e resultantes efeitos sanitários em crises humanitárias

Added April 22, 2020

Citation: Ramesh A, Blanchet K, Ensink JH, Roberts B. Evidence on the effectiveness of water, sanitation, and hygiene (WASH) interventions on health outcomes in humanitarian crises: a systematic review. PloS ONE 2015; 10(9): e0124688

De que se trata? A pandemia de COVID-19, como outras crises humanitárias, pode deixar pessoas sem acesso adequado à água limpa e sabão. É importante que existam provas concretas sobre os efeitos das intervenções com água, saneamento e higiene (ASH) na saúde, para que as decisões sejam moldadas em tais situações.

Nesta análise sistemática, os autores buscaram estudos quantitativos sobre os efeitos das intervenções com ASH na saúde durante crises humanitárias que ocorreram entre 1980 e 2014. A busca foi restrita aos artigos publicados em inglês e em francês entre 1980 e 2013. Foram incluidos 6 estudos, todos avaliaram os efeitos de intervenções com qualidade de água no ponto da utilização em doenças diarréicas. Cinco desses estudos foram feitos na África Subsariana e 1 foi feito na América Latina.

O que foi descoberto: As intervenções no ponto de uso com foco na lavagem das mãos e no fornecimento de sabão diretamente às famílias, podem ser medidas eficazes e económicas no controlo da diarréia.

Intervenções educacionais e de mudança de comportamento devem ser levadas em consideração em intervenções de higiene.

A disponibilização direta de sabão para as famílias pode resultar num melhor nível de saúde.

O que é incerto: Há uma falta de provas epidemiológicas sobre o impacto das intervenções com água, saneamento e higiene durante crises humanitárias, portanto os resultantes efeitos sanitários são incertos.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share