Infeções respiratórias virais associadas à peregrinação ao Hajj

Added July 14, 2020

Citation: Gautret P, Benkouiten S, Al-Tawfiq JA, et al. Hajj-associated viral respiratory infections: a systematic review. Travel medicine and infectious disease. 2016 Mar 1;14(2):92-109.

De que se trata? Ajuntamentos em massa e viagens podem aumentar o risco de transmissão do COVID-19. As pesquisas existentes sobre tais eventos, incluindo o Hajj, podem fornecer informações úteis para os governantes.

Nesta revisão sistemática, os autores procuraram estudos sobre a associação entre o Hajj e infeções respiratórias virais. Eles restringiram as suas pesquisas a estudos publicados em inglês desde janeiro de 1980 e fizeram a pesquisa em maio de 2015. Eles incluíram 32 estudos.

O que foi encontrado: Os vírus mais frequentemente isolados de pacientes sintomáticos durante o Hajj foram rinovírus (prevalência de 5,9% a 48,8%), vírus da influenza (4,5% a 13,9%) e coronavírus não-MERS (2,7% a 13,2%).

As taxas de infeção por infeções respiratórias virais aumentaram significativamente em peregrinos após a peregrinação ao Hajj, em comparação com os peregrinos que chegaram,

Nos estudos incluídos nesta revisão, o coronavírus da Síndrome Respiratória Aguda Grave e o coronavírus da Síndrome Respiratória do Médio Oriente (MERS) nunca foram isolados em peregrinos do Hajj.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share