Infeções respiratórias agudas em populações afetadas pela crise

Added April 23, 2020

Citation: Bellos A, Mulholland K, O’Brien KL, et al. The burden of acute respiratory infections in crisis-affected populations: a systematic review. Conflict and Health 2010; 4: 3

De que se trata? Prevê-se que a pandemia da COVID-19 deverá afetar de forma desproporcional as populações afetadas pela crise, que pode causar infeções respiratórias aguas (IRA). Os fatores de risco para IRA em situações de crise incluem a subnutrição, superpopulação, diminuição da representatividade de programas de imunização, stress psicológico, parto prematuro, exposição a partículas tóxicas em suspensão no ar e falta de, ou atraso no diagnóstico e tratamento.

Nesta revisão sistemática, os autores pesquisaram estudos quantitativos do peso de IRA nas populações, que à data deste estudo, tenham sido afetadas por calamidades causadas por catástrofes naturais, conflitos armados, deslocação forçada e emergências nutricionais. Restringiram a sua pesquisa a artigos publicados entre 1980 e 2009 em inglês, francês, espanhol, português, italiano e alemão e fizeram a sua pesquisa em junho de 2009. Incluíram 36 estudos, que retrataram populações afetadas por conflitos armados (25 estudos), período de emergência aguda (1) e uma fase de pós-emergência (7); e 3 estudos sobre pessoas deslocadas internamente (PDI).

O que se descobriu: A morbilidade e mortalidade de IRA aumenta consideravelmente em cenários de crise, como em campos de refugiados e acampamentos.

São recomendados os sistemas de vigilância comunitária centrados na deteção de IRA durante situações de crise, em vez de apenas confiar na recolha de dados dos centros de saúde.

É recomendado a melhoria na segurança alimentar e condições de vida estáveis por forma a ajudar a reduzir a vulnerabilidade de IRA.

É recomendado o reforço da imunização contra outras doenças, particularmente Pneumocócica, o Hib, sarampo e tosse convulsa através de estratégias de vacinação, mesmo em crianças mais velhas, para que o peso da doença seja reduzido.

O que é incerto: Em situações de crise é difícil estabelecer a incidência de IRA e a atribuição de causa de morte.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share