Impacto psicológico que dar resposta a surtos de doenças tem sobre os profissionais de saúde

Added June 30, 2020

Citation: Vyas KJ, Delaney EM, Webb-Murphy JA, Johnston SL. Psychological impact of deploying in support of the US response to Ebola: a systematic review and meta-analysis of past outbreaks. Military medicine. 2016 Nov 1;181(11-12):e1515-31.

De que se trata? A COVID-19 está a exercer pressão sobre os profissionais de saúde. A investigação existente sobre o impacto psicológico que os surtos de doenças infecciosas têm sobre os profissionais de saúde pode fornecer informações úteis aos decisores políticos.

Nesta revisão sistemática, os autores procuraram estudos sobre o impacto psicológico que dar resposta a surtos de doenças tem sobre os profissionais de saúde, com o objetivo de tentar elucidar o possível impacto nas pessoas mobilizadas para apoiar a resposta dos EUA ao surto de Ébola na África Ocidental. As suas pesquisas foram restringidas a estudos publicados em língua inglesa entre janeiro de 2000 e dezembro de 2014. Foram incluídos 32 estudos com vários desenhos de investigação (total: 26 869 pacientes).

O que foi constatado: Constatou-se que há um maior risco de perturbações psicológicas, uso indevido de álcool/drogas, perturbação de stress pós-traumático, depressão e ansiedade como resultado da perceção do risco de infecção no caso dos profissionais de saúde que respondem a surtos de doenças serem mais jovens, serem solteiros, não viverem com a família, terem menos anos de experiência de trabalho, terem menos formação e terem um salário mais baixo.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share