Gravidez e infecção por coronavírus (pesquisa realizada a 13 de março de 2020)

Added June 30, 2020

Citation: Di Mascio D, Khalil A, Saccone G, et al. Outcome of Coronavirus spectrum infections (SARS, MERS, COVID 1-19) during pregnancy: a systematic review and meta-analysis. American journal of obstetrics & gynecology MFM. 2020;2(2):100107.

De que se trata? A compreensão das características clínicas da infecção por COVID-19 durante a gravidez ajudará os decisores políticos envolvidos na prática clínica e no planeamento de serviços.

Nesta revisão rápida, os autores procuraram artigos que investigam os resultados relacionados com mães e bebés infectados por um espectro (SARS, MERS, COVID-19) de coronavírus (CoV) durante a gravidez. A sua investigação foi restringida a artigos publicados em língua inglesa, e realizada a 13 de março de 2020. Foram incluídos 19 estudos (total: 79 gestações).

O que foi constatado: À data desta revisão, os estudos incluídos indicaram que a infeção por CoV durante a gravidez está associada a altas taxas de aborto (39,1%), parto prematuro (24,3%), pré-eclâmpsia (16,2%), parto por cesariana (84%) e morte perinatal (11,1%).

À data desta revisão, não havia registo de evidências de transmissão vertical a recém-nascidos.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share