Experiências dos generalistas durante crises de saúde pública relacionadas com as doenças infecciosas

Added April 22, 2020

Citation: Kunin M, Engelhard D, Piterman L, Thomas S. Response of general practitioners to infectious disease public health crises: an integrative systematic review of the literature. Disaster Medicine and Public Health Preparedness 2013; 7(5): 522-33

De que se trata? A pandemia da COVID-19 representa uma ameaça significativa para a saúde pública. A informação sobre as experiências dos generalistas durante estas crises de saúde pública relacionadas com as doenças infecciosas pode contribuir para melhorar a preparação.

Nesta revisão sistemática integrativa, os autores procuraram pesquisas sobre as experiências dos generalistas que trabalham durante epidemias ou pandemias de doenças respiratórias infecciosas. Em janeiro de 2013, realizaram a sua última pesquisa que se limitou aos artigos publicados em inglês. Examinaram 6 inquéritos quantitativos, 2 estudos qualitativos e 2 estudos de métodos mistos. Quatro estudos seguiram-se ao surto da síndrome respiratória aguda grave (SARS) de 2003 (Austrália, Canadá, Hong Kong e Singapura) e seis estudos concentraram-se na pandemia da gripe H1N1 de 2009 (Austrália, Canadá, Hong Kong, Hungria, EUA e Reino Unido).

O que foi encontrado: Os generalistas de diferentes países enfrentaram desafios semelhantes, o que sugere que estas conclusões do surto de SARS e da pandemia H1N1 de 2009 são transferíveis.

Os desafios mencionados pelos generalistas durante o surto da SARS, a pandemia H1N1 de 2009 ou ambos incluíram dificuldades com o seguinte: o acesso à informação e às orientações; o fornecimento, o custo e a utilização de equipamento de proteção individual (EPI); a obtenção de apoio e de comunicação por parte das autoridades de saúde pública; a formação e os efeitos emocionais da participação na resposta a uma doença infeciosa com as características desconhecidas e o potencial letal.

O que é incerto: O relativo menor numero de pesquisas sobre as experiências dos generalistas que trabalharam durante epidemias ou pandemias de doenças respiratórias infecciosas significa que não é seguro se outros factores importantes ainda não foram identificados.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share