Estratégias para mudar a cultura organizacional para melhorar o desempenho dos cuidados de saúde

Added May 29, 2020

Citation: Parmelli E, Flodgren G, Beyer F, et al. The effectiveness of strategies to change organisational culture to improve healthcare performance: a systematic review. Implementation Science 2011; 6(1): 33

DOI: 10.1186/1748-5908-6-33

De que se trata? A pandemia de COVID-19 está impondo uma enorme pressão sobre os sistemas de saúde. As pesquisas existentes sobre os métodos para melhorar os cuidados de saúde através de mudanças na cultura organizacional podem fornecer informações aos responsáveis políticos para ajudar com isso.

Nesta revisão sistemática, os autores procuraram estudos sobre a eficiência comparativa de estratégias de mudança de culturas organizacionais, visando melhorar a performance dos cuidados de saúde. Fizeram a pesquisa em outubro de 2009. Incluíram dois estudos controlados antes e depois (ambos julgados como sendo de alto risco tendencioso) avaliando o impacto das intervenções educacionais visando a prática de lavar as mãos e melhorar o ânimo dos empregados no trabalho. Os estudos foram feitos no Canadá (1 estudo) e nos EUA (1).

O que foi encontrado: Quando esta revisão foi feita, as evidências disponíveis não apontaram nenhuma estratégia geral de mudanças na cultura organizacional que fosse efetiva na melhoria de resultados nos cuidados de saúde.

Nas pesquisas disponíveis, que possuem um alto risco de serem tendenciosas, intervenções com o objetivo de mudar a cultura organizacional tiveram impactos positivos nas áreas de trabalho (melhorias no ânimo dos funcionários), resultados pessoais (apreciação individual e do próximo), e clínicos (redução de infecções nosocomiais).

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share