Estratégias de recrutamento e retenção para médicos de cuidados primários

Added May 13, 2020

Citation: Verma P, Ford JA, Stuart A, et al. A systematic review of strategies to recruit and retain primary care doctors. BMC Health Services Research 2016; 16: 126

De que se trata? A pandemia da COVID-19 está a pressionar os sistemas de saúde. As pesquisas existentes sobre formas de recrutamento de médicos de cuidados primários podem fornecer informações úteis aos decisores políticos.

Nesta revisão sistemática, os autores procuraram relatórios sobre a eficácia de várias estratégias para melhorar o recrutamento de médicos de cuidados primários em países de alto rendimento. Não restringiram esta avaliação por data ou idioma de publicação e fizeram as pesquisas em janeiro de 2015. Identificaram 51 estudos e a qualidade geral das evidências foi avaliada como baixa.

O que foi encontrado: A colocação de graduandos e pós-graduados em áreas carentes e o recrutamento seletivo de estudantes de medicina de áreas rurais podem ser eficazes para melhorar o recrutamento de médicos de cuidados primários em países de alto rendimento.

O resultado de incentivos financeiros e muitas outras estratégias para melhorar o recrutamento de médicos de cuidados primários em países de alto rendimento é incerto.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share