Encerramento de enfermarias para controlo de surtos de doenças infecciosas entre pacientes hospitalizados em cuidados intensivos: efeitos são incertos.

Added April 19, 2020

Citation: Wong H, Eso K, Ip A, et al. Use of ward closure to control outbreaks among hospitalized patients in acute care settings: a systematic review. Systematic Reviews 2015; 4: 152

De que se trata? O encerramento de enfermarias em instalações de cuidados intensivos poderá ser usado para controlar surtos de doenças infecciosas. Esta abordagem pode ser relevante no contexto da pandemia de COVID-19.

Nesta revisão sistemática, os autores procuraram estudos em que o encerramento de enfermarias foi usado como medida para controlar o surto de doenças infecciosas em pacientes hospitalizados em instalações de cuidados intensivos. Não restringiram a revisão por data, tipo nem idioma de publicação, e fizeram as suas pesquisas em julho de 2014. Identificaram 67 séries de casos, 14 estudos caso-controlo e 16 estudos com outros desenhos experimentais. Entre estes, 11 estudos focaram-se em doenças do sistema respiratório, incluindo a Síndrome Respiratória Aguda Severa (SRAS). Não houve comparações controladas do encerramento de enfermarias versus outras intervenções.

O que funciona: Nada registado.

O que não funciona: Nada registado.

O que não é claro: A falta de estudos controlados significa que o impacto do encerramento de enfermarias no controlo de surtos de doenças infecciosas em contextos de cuidados intensivos não é claro.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share