Eficácia da triagem realizada por médicos experientes na melhoria do desempenho nas urgências

Added June 4, 2020

Citation: Abdulwahid MA, Booth A, Kuczawski M, Mason SM. The impact of senior doctor assessment at triage on emergency department performance measures: systematic review and meta-analysis of comparative studies. Emergency Medicine Journal. 2016 Jul 1;33(7):504-13.

Free to view: No

De que se trata? A pandemia da Covid-19 está a colocar pressão nos cuidados de saúde. Colocar um médico experiente para realizar a triagem em serviços de urgência, comparado com a triagem feita por uma única enfermeira, pode ser uma forma eficaz de melhorar uma série de medidas de desempenho.

Nesta revisão sistemática, os autores pesquisaram estudos comparativos sobre o papel da triagem que os médicos experientes fazem em serviços de urgência. Restringiram as suas pesquisas a artigos publicados em língua inglesa e realizaram a pesquisa entre 1994 e 2014. Incluíram 25 estudos, 16 foram estudos de antes e depois, 2 ensaios clínicos controlados, 3 estudos de grupo e 4 estudos aleatorizados controlados. 12 estudos foram conduzidos nos EUA, 5 na Austrália, 2 no Canadá e no Reino Unido e 1 em Hong Kong, Jamaica, Singapura e Suécia.

O que funciona: Médicos experientes na triagem reduziram os tempos de espera, diminuíram o tempo de internamento e reduziram a proporção de doentes que saem serem vistos ou antes da conclusão do tratamento.

O que não funciona: Não se identificou nenhum benefício claro em termos de satisfação do doente ou custo-benefício decorrente da triagem realizada por médicos experientes.

O que é incerto: O custo-benefício deste modelo de triagem é incerto.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share