Cuidados primários prestados por enfermeiros versus cuidados primários prestados por médicos

Added June 30, 2020

Citation: Martínez-González NA, Djalali S, Tandjung R, et al. Substitution of physicians by nurses in primary care: a systematic review and meta-analysis. BMC Health Services Research 2014 Dec;14(1):214.

De que se trata? A pandemia COVID-19 está a colocar pressão nos serviços, profissionais e recursos de saúde. As pesquisas existentes sobre a substituição de médicos por enfermeiros podem fornecer informações úteis aos responsáveis políticos.

Nesta revisão sistemática, os autores pesquisaram ensaios clínicos randomizados e quase randomizados, e compararam os cuidados prestados por enfermeiros com os cuidados prestados por médicos dos cuidados primários. Eles restringiram a sua pesquisa a artigos publicados em inglês e fizeram a pesquisa em agosto de 2012. Eles incluíram 20 ensaios clínicos randomizados, 3 ensaios clínicos randomizados por cluster e um estudo quase randomizado (total: 38.974 participantes) e 2 estudos de dados de custos sobre 2 dos ensaios randomizados; mas concluíram que avaliar a substituição de médicos por enfermeiros ainda é substancialmente limitado por deficiências metodológicas nos estudos disponíveis.

O que funciona: Os cuidados prestados por enfermeiros pareciam melhorar a satisfação do paciente e reduzir os internamentos e a mortalidade em comparação com os cuidados prestados por médicos.

O que não funciona: Nada registado.

O que é incerto: Os efeitos, na qualidade de vida e nos custos, dos cuidados prestados pelos enfermeiros em comparação aos cuidados prestados por médicos são incertos.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share