Consultas de controlo de dentistas: os efeitos dos intervalos mais prolongados entre os check-ups de rotina são incertos

Added April 21, 2020

Citation: Riley P, Worthington HV, Clarkson JE, et al. Recall intervals for oral health in primary care patients. Cochrane Database of Systematic Reviews 2013; (12): CD004346

Do que se trata? Em alguns países, a pandemia da COVID-19 levou à suspensão de vários tipos de cuidados de saúde e apoios sociais de rotina, incluindo serviços odontológicos. Investigações no âmbito da frequência dos check-ups dentários de rotina podem ajudar a mostrar as consequências de intervalos mais prolongados entre os check-ups.

Nesta análise sistemática da Cochrane, os autores pesquisaram ensaios aleatorizados relacionados com os efeitos de diferentes intervalos entre os check-ups dentários (por exemplo, 6 versus 12 meses), as consultas de controlo com base no risco da doença do paciente (de acordo com a avaliação do dentista) ou as consultas de controlo da iniciativa do paciente (quando um paciente tem sintomas e sente a necessidade de ir a um dentista). Os autores não restringiram a sua pesquisa por data nem por idioma da publicação e efetuaram a pesquisa em setembro de 2013. Encontraram um ensaio já terminado (185 participantes entre os 3 e os 20 anos de idade) que comparava um exame clínico a cada 12 meses com um exame clínico a cada 24 meses. Encontraram igualmente um ensaio em curso (o estudo INTERVAL).

O que funciona: Nada assinalado.

O que não funciona: Nada assinalado.

O que é incerto: Não existem evidências suficientes para determinar com que frequência é que os pacientes devem ir a uma consulta de check-up de rotina no seu dentista.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share