Características clínicas da COVID-19 (data da pesquisa: 10 de março de 2020)

Added June 9, 2020

Citation: Hu Y, Sun J, Dai Z, et al. Prevalence and severity of corona virus disease 2019 (COVID-19): A systematic review and meta-analysis. Journal of Clinical Virology. 2020 April 14:104371.

De que se trata? A pandemia da COVID-19 deve-se ao aparecimento do novo coronavírus, o SARS-CoV-2. Compreender melhor esta infecção vai ajudar os responsáveis políticos envolvidos na prática clínica e no planeamento de serviços.

Nesta revisão rápidas, os autores pesquisaram investigações que avaliassem a prevalência e gravidade da doença em pacientes com COVID-19. Não limitaram a pesquisa por idioma de publicação, e pesquisaram, a 10 de março de 2020, artigos publicados a partir de 1 de janeiro de 1980. Foram incluídos 21 estudos clínicos (total: 47.344 pacientes) realizados na China (20 estudos) e na Singapura (1).

O que foi constatado: À data desta revisão, os estudos incluídos mostraram que o sintoma mais comum é febre (86%), seguido de tosse (66%), fadiga (42%) e dificuldade em respirar (21%).

À data desta revisão, os estudos incluídos mostraram que as comorbidades mais prevalentes eram a diabetes (45%) e a hipertensão (42%).

À data desta revisão, os estudos incluídos mostraram que a maioria dos pacientes com COVID-19 eram idosos, não se verificando uma diferença significativa entre os géneros masculino e feminino quanto à suscetibilidade de contrair a doença.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share