As manobras de recuperação durante a ventilação mecânica reduzem o risco de um paciente gravemente doente morrer na unidade de terapia intensiva (UTI)

Added March 24, 2020

Citation: Hodgson C, Goligher EC, Young ME, et al. Recruitment manoeuvres for adults with acute respiratory distress syndrome receiving mechanical ventilation. Cochrane Database of Systematic Reviews 2016; (11): CD006667.

O que é isto? Alguns pacientes com COVID-19 sofrerão de síndrome do desconforto respiratório agudo e precisarão de ajuda com a sua respiração. Isto pode ser assegurado pela ventilação mecânica (VM) numa unidade de terapia intensiva (UTI). As manobras de recuperação, usando respirações profundas prolongadas, são frequentemente usadas durante a VM para evitar danos aos pulmões.

Nesta revisão sistemática Cochrane, os autores procuraram ensaios aleatórios que ensaiam estas manobras de recuperação. Não restringiram por data, tipo ou idioma de publicação e fizeram as suas investigações em agosto de 2016. Identificaram 10 estudos elegíveis com manobras de recuperação como sendo a intervenção, embora em algumas delas tenha sido utilizado em conjunto com outras intervenções, como a ventilação pulmonar aberta.

O que funciona bem: as manobras de recuperação reduzem o risco de morrer na UTI e não aumentam o risco de um tipo de dano pulmonar chamado barotrauma.

O que não funciona bem: Nada anotado.

O que é incerto: É incerto se as manobras de recuperação têm impacto na oxigenação, mortalidade em 28 dias ou mortalidade intra-hospitalar.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share