As evidências são insuficientes para saber se o envolvimento ético formal na gestão de casos é eficaz

Added September 7, 2020

Citation: Schildmann J, Nadolny S, Haltaufderheide J, et al. Ethical case interventions for adult patients. Cochrane Database of Systematic Reviews 2019, Issue 7. Art. No.: CD012636.

Do que se trata? Os procedimentos éticos formais no atendimento clínico são importantes para as decisões sobre triagem e gestão de recursos limitados, tanto para pacientes com COVID-19 como para aqueles com outras doenças que sofrem devido ao desvio de recursos para tratamento do COVID-19.

Na resenha efetuada por Cochrane, os autores procuraram estudos que compararam o envolvimento formal de um especialista em ética ou de um comité de ética na gestão de casos clínicos, em comparação com o tratamento usual ou um controlo ativo. Não restringiram as pesquisas por idioma de publicação, que foram realizadas em setembro de 2018. Estas incluíram 4 ensaios clínicos aleatórios (num total de 1165 participantes) dos EUA (3) e Taiwan (1). Os estudos que foram incluídos apresentavam risco moderado a alto de enviesamento e uma qualidade muito baixa, ou seja, a evidência de qualquer efeito é incerta.

O que funciona: Nada digno de registo

O que não funciona: Nada digno de registo.

O que é incerto: Não foi possível verificar a eficácia das intervenções de casos éticos devido ao grau de certeza muito baixa das evidências dos estudos incluídos.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share