Alta antecipada na saúde mental aguda

Added August 18, 2020

Citation: Clibbens N, Harrop D, Blackett S. Early discharge in acute mental health: A rapid literature review. International journal of mental health nursing. 2018 Oct;27(5):1305-25.

De que se trata? A pandemia da COVID-19 está a colocar uma tensão nos serviços de saúde, incluindo aqueles para pessoas com problemas psiquiátricos. A investigação existente sobre a alta antecipada de pacientes de instalações de saúde mental aguda podem fornecer informações úteis para os formuladores de políticas.

Nesta rápida revisão, os autores buscaram estudos sobre a alta hospitalar precoce para adultos com condições de saúde mental aguda. Restringiram a sua busca a artigos publicados em inglês entre janeiro de 2006 e 2016 e fizeram a sua pesquisa mais recente em dezembro de 2016. Incluíram 7 estudos quantitativos, 3 estudos qualitativos e 4 estudos de métodos mistos, que eram da Austrália (1 estudo), Bélgica (1), França (1), Japão (1), África do Sul (1), Reino Unido (7) e EUA (2).

O que foi encontrado: Intervenções em altas antecipadas exigiam trabalho colaborativo e planeamento de alta, não associadas a readmissões não planeadas, e tiveram um pequeno efeito no tempo de permanência.

As intervenções transitórias que ‘fazem a ponte’ entre o hospital e o lar foram importantes para o sucesso da alta antecipada alcançada através do modelo de Resolução de Crise e Tratamento Doméstico, e através de intervenções de apoio de pares.

 

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share