A medicina chinesa no tratamento da SARS

Added April 14, 2020

Citation: Leung, PC. The efficacy of Chinese medicine for SARS: a review of Chinese publications after the crisis. American Journal of Chinese Medicine 2007; 35(4): 575-81

De que se trata? Tal como o COVID-19, a Síndrome Respiratória Aguda Severa (SARS) é uma doença respiratória grave causada por um coronavírus. A medicina chinesa foi utilizada para tratar pacientes com estes primeiros coronavírus e poderá ser considerada como tratamento para o COVID-19.

Nesta revisão, o autor procurou investigações sobre o uso da medicina chinesa na SARS. Não há informação sobre quaisquer restrições que tenham aplicado à sua pesquisa. O artigo foi publicado em 2007, mas a data da pesquisa não foi reportada. O autor identificou 20 publicações que julgou serem de qualidade suficientemente elevada para resumir na revisão.

O que funciona: Nada registado.

O que não funciona: Nada registado.

O que não é claro: Embora algumas investigações tenham sugerido benefícios derivados do uso da medicina chinesa em pacientes com SARS, a baixa qualidade dos dados disponíveis significa que os efeitos são incertos.

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share