A integração de serviços de assistência básica de saúde em países de baixo e médio rendimento

Added June 8, 2020

Citation: Dudley L, Garner P. Strategies for integrating primary health services in low‐ and middle‐income countries at the point of delivery. Cochrane Database of Systematic Reviews 2011;(7):CD003318

Do que se trata? A pandemia Covid-19 está a colocar pressão sobre os serviços de saúde. Investigacões existentes sobre estratégias para reforçar a eficiência e acesso, tais como a inclusão de diferentes serviços de assistência básica de saúde, podem proporcionar aos políticos informacões úteis.

Nesta revisão sistemática da Cochrane, os autores procuraram estudos comparativos eficazes sobre os efeitos da inserção dos serviços de assistência básica de saúde em países de baixo e médio rendimento. Não restringiram a sua pesquisa por data ou por idioma de publicação, e fizeram-na em setembro de 2010. Estes incluíram 5 estudos aleatorizados e 4 controlados tanto antes como depois dos estudos. Os estudos avaliaram o acréscimo de um serviço especializado suplementar (tal como o planejamento familiar ou o aconselhamento e deteção da SIDA) para serviços de rotina existentes (5 estudos) ou a comparação de um programa integrado de serviços contra um único serviço especializado (4).

O que se constatou: O acréscimo de um elemento especializado aos serviços atuais provavelmente aumenta a uso de serviços, porém sem afetar os resultados dos pacientes.

A inclusão de serviços especializados poderá diminuir o uso de serviços, o conhecimento do cliente e a satisfação destes, sem comprometer os resultados sanitários em comparação com um serviço especializado.

As repercussões económicas e as opiniões dos pacientes, juntamente com suas preferências e experiências da integrar os serviços de assistência básica são incertas.

Aviso Legal: Este resumo foi escrito por funcionários e voluntários da Evidence Aid. O objetivo é tornar o conteúdo do documento original acessível aos responsáveis pela tomada de decisões envolvidos na pesquisa de evidências disponíveis sobre o coronavírus (COVID-19) que, inicialmente, podem não ter tempo para ler o relatório original na íntegra. Este resumo não pretende substituir o aconselhamento médico e de outros profissionais de saúde, associações profissionais, desenvolvedores de diretrizes ou governos nacionais e agências internacionais. Se os leitores deste resumo acharem que as evidências apresentadas são relevantes para a tomada de decisões, devem consultar o conteúdo e os detalhes do artigo original, bem como os conselhos e diretrizes oferecidos por outras fontes de informação, antes de tomar decisões. A Evidence Aid não pode ser responsabilizada por quaisquer decisões relativas ao coronavírus (COVID-19) tomadas com base apenas neste resumo.

Share